Nasa quer ajuda para desenvolver apps

Nasa quer ajuda para desenvolver apps

Em tempos de orçamentos apertados, a Nasa quer que navegantes ao redor do mundo se unam para tentar resolver alguns problemas globais. Na última terça-feira (20) a agência espacial norte-americana lançou o International Space Apps Competition, em que basicamente pede que cientistas, desenvolvedores e outras almas caridosas conectados à rede criem aplicativos capazes de analisar dados científicos.

A intenção é que eles ajudem a estudar questões relacionadas ao clima e outros assuntos de primeira importância.

Um grande passo para os apps

No site em que lança a iniciativa, a Nasa convida desenvolvedores a encontrarem novos usos para seus grandes bancos de dados, incluindo imagens da revista Earth Observatory e de dados de satélites de monitoramento climático.

“Nos anos 60 os computadores da operação Apollo, que levaram a humanidade à Lua, tinham 2.048 MHz, 4 kilobytes de memória e pesavam 32 quilos. (…) Hoje qualquer smartphone tem 512 MB de memória 32 GB de armazenamento, pesa menos de 200 gramas e tem conexão em tempo real com qualquer parte do mundo”, lembra a Nasa na página em que apresenta o desafio.

“O International Space Apps Competition é uma iniciativa internacional feita para acelerar o desenvolvimento de soluções focadas em lidar com desafios críticos de nosso planeta”, explica a agência. “Este desafio oferece a oportunidade de governos engajarem cidadãos aproveitando sua experiência e espírito empreendedor para ajudar a resolver desafios de importância mundial”, encerra a agência.

De qualquer maneira, a Nasa não apresenta qualquer tipo de exemplo de como um aplicativo em um smartphone possa fazer sua parte para salvar o mundo. Em todo caso, o evento de encerramento do desafio deverá acontecer “no fim de 2012”, em que as melhores sugestões serão premiadas.

[Total: 0   Average: 0/5]
Son Güncelleme: 5 Haziran 2020

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.