Aumento de salários faz Foxconn aumentar preços

Uma das medidas anunciadas pela empresa taiwanesa Hon Tai Precision, mais conhecida mundo afora pelo nome Foxconn, para conter os suicídios e tentativas de suicídio em sua planta na cidade chinesa de Shenzen foi oferecer um substancial aumento de 20% no pagamento de seus empregados, que passarão a receber salário equivalente a R$ 180. E de acordo com a empresa, suas “magras margens de lucro” deverão fazer com que seu maior custo de produção sejam sentidos no resto do mundo.

Segundo matéria da agência de notícias Reuters, Terry Gou, um dos fundadores da empresa que começou em 1974 fabricando gabinetes plásticos para aparelhos de televisão e o homem mais rico de Taiwan, afirmou aos acionistas da gigante que os custos dos aumentos salariais serão repassados a seus clientes, que incluem marcas como Apple e HP.

“Nós precisamos carregar 12 cruzes, não temos outras opções”, afirmou Gou fazendo referência às mortes ocorridas em sua fábrica.

“Ainda não é certo que os custos serão sentidos num primeiro momento pelos consumidores finais” afirma o analista de mercado Chialin Lu, da agência de pesquisas mercadológicas Macquire. “Os grandes fabricantes trabalham com maiores margens de lucro e podem absorver o repasse”, diz, lembrando que os aumentos são “praticamente certos a longo prazo”.

[Total: 0   Average: 0/5]
Son Güncelleme: 5 Haziran 2020

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.